Categoria:

Por Aí…

MEUS ESTUDOS (PARTE 1)

Sempre que me proponho a fazer algo, dedico o meu melhor!
Quando conheci a “arte floral”, logo me apaixonei. Aprendi algumas técnicas e informações básicas, porém isso não era o suficiente, eu queria mais, eu queria aquilo que os olhos não veem, mas o coração sente.
Mergulhei de corpo e alma, e fui adiante.

Comecei meus estudos na Floral Design Brasil, onde um novo universo de possibilidades e conhecimento se abriu. Entender a arte floral, sua técnica e estrutura estética são os pilares fundamentais para se chegar a um estilo próprio. Foi essa busca que me levou a novos horizontes vindos da Holanda, começando pelo Boerma Instituut, de formação e princípios acadêmicos. 

Meu destaque fica para Marcel van Dijk, meu mestre maior do Designer Floral.

Referência mundial,  o preferido entre a realeza.  Marcel é dono de um estilo único e refinado, suas criações são impressas com uma atmosfera natural, luxuosa e de enorme bom gosto, sendo a natureza, sua maior fonte de inspiração.

Junto com Monique, sua esposa, são proprietários da Oogenlust, um misto entre espaço de arte, floricultura e estilo de vida.

Estar com Marcel é pura inspiração. Ele abriu as portas de seu escritório, apresentou a gestão da sua empresa, dividiu sua filosofia de vida e me deixou assim.. apaixonada por esse universo!

Se você se interessou pelo trabalho do Marcel van Dijk recomendo começar pelo livro Natural Interior Design!

Mas essa história não para por aqui, num próximo post conto mais sobre meus estudos!

HOLANDA

A curiosidade, inquietação e principalmente o desejo pelo conhecimento me levaram a estudar “design floral” na Europa. E claro, comecei pela Holanda, o país das flores, dos grandes mestres da arte e por que não o país das bicicletas?! Na Holanda são mais bicicletas que habitantes. Alguns estacionamentos tem mais de 12 mil vagas para “bike”e até uma redução de impostos estimulando esse meio de transporte.

decoracao_de_casamento-beatris_de_micheli

A flor é um dos símbolos culturais e econômicos da Holanda, um mercado que movimenta cerca de 4 bilhões de euros. E uma soberania que impressiona tanto pelos números quanto pela beleza.

Os leilões de Aalsmeer, ao norte do país mostram isso. 60% das flores plantadas no planeta passam por lá.

Sem dúvidas, uma das experiência mais fascinantes foi passear pelo interior da Holanda. Descobrir os campos de flores é como ter um arco-íris de tulipas, narcisos, lírios, dálias e jacinto aos seus pés. E com os moinhos de vento Kitsch ao fundo, vira uma poesia!

E o que dizer do Keukenhof, o maior jardim de flores do mundo! São sete milhões de bolbos de flores plantados anualmente, que quando florescem dão lugar a rios de flores. Imagens inesquecíveis e sensações indescritíveis! É uma obra de arte onde as flores são as tintas e a tela, a própria natureza.

E como não me inspirar entre estudos, passeios e muito conhecimento?

No próximo post, te conto mais detalhes!